Alunos do EJA - Fase II ofertado em escolas municipais serão transferidos para o Estado em 2018


Em resposta ao pedido de informação do vereador Marcos Vieira acerca do término do programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA) - Fase II (6º ao 9º ano) nas instituições de ensino municipal, a Secretaria de Estado da Educação informou que os alunos remanescentes serão transferidos para o EJA estadual, sem prejuízo de carga horária cursada, a partir do próximo ano.

Segundo ofício nº 1.732/2017 enviado ao vereador, os estudantes que não concluírem os estudos da Fase II até o prazo estipulado pela prefeitura poderão se matricular nos CEEBJAS, em turmas de Ações Pedagógicas Descentralizadas (APED) ou em escolas de EJA estaduais aproveitando a carga horária cursada. Existe ainda a possibilidade de abertura de APED nas próprias escolas de origem especificamente para atender a estes estudantes com atendimento realizado por professores da rede estadual.

São cerca de 120 estudantes que deverão realizar esta transição de programas para que possam concluir a carga horária de Ensino Fundamental fase II na modalidade EJA. Todas as informações para o processo de mudança serão divulgadas e um cronograma será lançado para auxiliar a estes alunos.

A coordenadoria da Educação de Jovens e Adultos do Estado confirma ainda que, caso a Secretaria Municipal de Educação consolide a cessação da modalidade EJA Fase II, a Secretaria do Estado irá atender a demanda necessária sem prejuízo pedagógico ou de carga horária.

A oferta da modalidade EJA Fase I (1 ao 5º ano) não sofrerá alterações e seguirá com o atendimento oferecido em 56 escolas municipais.

#Notícia

15 visualizações0 comentário