Marcos questiona a não inclusão de reformas em equipamentos públicos na LOA 2018


Durante sessão plenária com participação da superintendente da Secretaria Municipal de Governo, Daniele Regina dos Santos e Adriane Santos, coordenadora técnica de planejamento e inovação do Imap, para discutir sobre a Lei Orçamentária para 2018, o vereador Marcos Vieira questionou a não inclusão de reformas em dois equipamentos públicos da regional Bairro Novo que necessitam urgente de reparos.

O primeiro, uma sede fixa para a Unidade de Saúde Umbará II que funciona em um espaço alugado e recentemente pegou fogo e o segundo equipamento o CMEI Novo Horizonte que funciona em um espaço improvisado, não atendendo nas condições necessárias as mais de 200 crianças matriculadas na instituição.

No vídeo acima você pode conferir a fala do vereador e a resposta da superintendente.

#Notícia

2 visualizações0 comentário