CEI Prof. José Cavallin em estado de emergência


O Centro de Educação Integral Professor José Cavallin na Vila Rio Negro, no Sítio Cercado, encontra-se em estado de emergência. Na última semana, parte de sua estrutura foi interditada por más condições, obrigando alunos e servidores a serem realocados em outro espaço. Os problemas vão desde a parte elétrica e estrutural até a pequenos reparos como vidros quebrados e forro danificado.

Na manhã desta segunda-feira, 26, o vereador Marcos Vieira ocupou a tribuna do Plenário para cobrar do Executivo uma ação imediata e emergencial, alegando ser um problema que já vem acompanhando desde o primeiro semestre de 2017. "Em torno de 210 alunos foram afetados diretamente pela interdição, sendo obrigados a se dirigem a outro espaço para poder estudar e até se alimentar, já que o refeitório também está prejudicado. A escola vive um estado de emergência", declarou.

Projeto arquivado

Em setembro do ano passado, após visitas em diversos equipamentos públicos da cidade, o vereador Marcos Vieira protocolou um projeto de lei com o objetivo de evitar que problemas estruturais nas escolas chegassem ao mesmo nível deste encontrado no CEI Prof. José Cavallin, através da criação de uma Comissão Multissetorial de Infraestrutura Escolar (CMIE) para realizar a fiscalização e manutenção corretiva e preventiva dos equipamentos públicos de educação em seus aspectos físicos.

“Curitiba possui cerca de 500 unidades de ensino público municipal. Nas minhas visitas em vários CMEIs e Escolas Municipais constatei a necessidade de reparos diversos, cuja demanda não é suprimida pelo fundo rotativo destinado às escolas”, declarou o vereador na época. Embora já exista e funcione em outras cidades do país, o projeto foi arquivado pela casa.

#Destaque

18 visualizações0 comentário