Regional Bairro Novo pede por mais médicos e segurança


Com o fim das audiências públicas para a construção da lei orçamentária de Curitiba para 2019, a regional Bairro Novo foi a que mais participou, registrando mais de 2.500 participações - entre online e presencial -, sendo a reivindicação por mais médicos, enfermeiros e demais profissionais nas unidades de saúde da região a maior prioridade.

A demanda foi apresentada em 2017 em forma de Sugestão de Indicação ao Executivo pelo vereador Marcos Vieira, solicitando que a prefeitura crie uma equipe plantonista de profissionais, para aumentar o efetivo e evitar furos nas equipes em períodos de férias ou afastamentos.

"Me alegro em ver a população participando e levantando as demandas que precisamos. Tenho incentivado a participação desde que assumi, por acreditar que só é possível conquistar o que esperamos se tivermos os moradores com a gente, pedindo e acompanhando as soluções", declarou o vereador. Sobre a demanda que ficou como prioridade da região, Marcos afirmou que sugeriu a proposta justamente pelo trabalho que realiza no bairro, ouvindo os moradores e suas necessidades.

Além de mais médicos e demais profissionais nas unidades de saúde, o Bairro Novo também colocou como prioridade o aumento do efetivo de segurança para ampliar a proteção dos equipamentos públicos e da comunidade; o aumento do efetivo de segurança para ampliar a proteção dos equipamentos públicos e da comunidade; a implantação de módulo móvel da guarda municipal; recursos para ações socioeducativas voltadas aos idosos, adultos, jovens e às crianças e ampliação do quadro de profissionais da educação para 100% de atendimento nas escolas e creches.

Todas as prioridades serão encaminhadas para a prefeitura para análise de viabilidade e possibilidade de execução em 2019.

#Notícia

13 visualizações0 comentário