Marcos declara apoio aos cobradores do transporte público


O vereador Marcos Vieira, em reunião com representantes dos cobradores do transporte público, declarou seu apoio aos profissionais e contrariedade ao projeto de lei nº 005.00149.2018 que altera a lei que dispõe sobre a instalação de equipamentos de bilhetagem eletrônica no transporte coletivo público de Curitiba, tornando o sistema exclusivo e extinguindo a profissão de cobrador na cidade.

"É inadmissível um projeto destes no momento em que vivemos onde no país são mais de 13 milhões de desempregados. Se aprovado, 6mil cobradores perderão seu emprego e, mesmo que sejam oferecidas vagas e aperfeiçoamento como é dito no teor da proposta, não irá suprir toda a demanda. É uma questão de humanidade, e a dignidade e valorização de cada ser humano sempre deve vir antes da tecnologia", justificou o vereador.

O projeto traz como embasamento o alto índice de violência que acomete os cobradores nas estações-tubos e nas linhas que percorrem a cidade, além do investimento na tecnologia, sendo esta uma evolução natural já ocorrida em distintos países.

"Devemos enfrentar a violência em sua origem, demitir o cobrador não resolverá em nada este quadro. A tecnologia sempre será bem-vinda, porém, desde que seja implantada sem que família alguma perca seu sustento. Concordo com a evolução, porém ela precisa ser feita gradualmente, respeitando a todos. Por isso, deixo claro a todos os cobradores e cobradoras que podem contar comigo", concluiu Marcos.

Nas próximas semanas o projeto deverá ser avaliado nas comissões da Câmara de vereadores e, quando apto, será votado em plenário.

#Notícia

6 visualizações0 comentário