top of page

Marcos Vieira propõe homenagem a Donizal Lopes, ex-presidente do STIQFEPAR

Atualizado: 21 de jun.

Homenagear a trajetória e os feitos de uma liderança que deixou um legado de lutas e conquistas para o movimento sindical paranaense. Este é o objetivo do projeto de lei de autoria do vereador Marcos Vieira (PDT) que nomeia um logradouro público da capital de Donizal Lopes, em referência ao ex-presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Paraná (STIQFEPAR).


A proposta surgiu após agendas com o atual presidente do sindicato, Francisco Sobrinho, e demais membros, que destacaram a trajetória de Donizal para o sindicato e para trabalhadores que se organizam e lutam por seus direitos. Marcos Vieira ressalta a importância de valorizar aqueles que deixaram um legado na cidade, especialmente na luta por dignidade, qualidade de vida e pelos direitos dos trabalhadores. “É fundamental reconhecer a dedicação de pessoas como Donizal Lopes, que contribuíram para a história e o desenvolvimento de Curitiba e região. A homenagem não apenas celebra suas conquistas, mas influencia as futuras gerações”, destacou o vereador.


Biografia - Nascido em 1951 em Jundiaí do Sul/PR, Donizal viveu até a juventude em Nova Fátima/PR. Mudou para Curitiba em 1974, onde trabalhou na cervejaria Brahma e posteriormente na Metal Nobre. Em 1983, aceitou ser o presidente do STIQFEPAR, sucedendo a Adolpho Bauer. A gestão foi marcada pela modernização e ampliação da representatividade do sindicato, ao trazer para a direção da entidade representantes das categorias de plásticos, químicos, farmacêuticos, adubos e fertilizantes, onde unificou as datas bases e fortaleceu as negociações.


Também foi o responsável por incluir a extensão territorial do sindicato e a melhoria dos serviços oferecidos. Em 1991, houve o aumento de abrangência da entidade, quando passou a atuar em Curitiba e em 14 municípios da Região Metropolitana. Também foi responsável por estabelecer um diálogo efetivo com os patrões, o que resultou em conquistas importantes para a categoria, como a implantação da cesta básica. A atuação sindical foi reconhecida não apenas pelos trabalhadores do sindicato, mas também pelos paranaenses de modo geral. Donizal Lopes faleceu em 2012.



63 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page