Projeto de Lei quer ampliar a acessibilidade em museus e espaços culturais de Curitiba


Foi protocolado na manhã desta segunda-feira na Câmara Municipal de Curitiba projeto de lei que busca ampliar a acessibilidade em espaços culturais públicos e privados da cidade, como museus, exposições e festivais, através da disponibilização de cadeiras de rodas para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.


A proposta, segundo o autor, Vereador Marcos Vieira (PDT), é garantir a experiência e o acesso a todos os públicos. "Muitas pessoas com deficiência física não utilizam cadeira de rodas em seu cotidiano, porém, em espaços onde se exige um esforço maior como grandes exposições ou festivais, pode se tornar necessária, o mesmo vale para Idosos e pessoas com mobilidade reduzida. É dever do poder público garantir o acesso para todos e todas."


A ideia surgiu após estudo apresentado pelo estudante João Gava que, ao pesquisar museus de Curitiba, constatou que 38% deles não possuem assentos entre as exposições. Porém, dos 62% que possuem, apenas 22% são adequados para utilização por pessoas com deficiência. "É um problema que identifiquei quando fui há alguns anos atrás ao Museu Paranaense com o meu avô. Ele sempre foi muito afeito a esses passeios culturais, todavia ele teve dificuldade em desfrutar das áreas das exposições por conta da ausência de assentos que compensassem sua mobilidade bastante reduzida", afirmou Gava.


Assim, para Vieira, o projeto contemplará a todas as pessoas com deficiência física ou mobilidade reduzida para que possam continuar a frequentar estes espaços e desfrutar da arte e cultura em nossa cidade. "É uma medida simples, mas que amplia os direitos das pessoas com deficiência", garantiu o vereador.


O projeto ainda será analisado pela Procuradoria Jurídica da Câmara Municipal e pelas Comissões da casa.



29 visualizações0 comentário