Projeto de Marcos Vieira pretende incentivar o turismo temático em Curitiba


FOTO: TripAdvisor


O Projeto de Lei "Curitiba: Conte a sua História. Pelos Caminhos e Pessoas dos Destinos Turísticos Temáticos", do vereador Marcos Vieira (PDT), propõe a criação de um programa para que haja maior incentivo à visitação de espaços turísticos e culturais fora do eixo tradicional.


A proposta do programa é criar um Portal de responsabilidade da Prefeitura para que sejam mapeados estes destinos e abrir o espaço para que empresas de Fretamento se cadastrem para realizar o deslocamento de grupos até estes locais, já que não são atendidos pela linha Turismo. Assim, todos aqueles que tiverem interesse em uma das rotas oferecidas, podem acessar o portal, verificar os destinos e entrar em contato direto com as empresas que se cadastraram para oferecer o serviço de translado.


De acordo com o projeto, são denominados como Destinos Turísticos Temáticos aqueles locais que tenham por objetivo o resgate da história, cultura e costumes dos povos que construíram a cidade de Curitiba. Como por exemplo, comunidades indígenas e religiosas, feiras de artesanatos e gastronomia, museus, parques, jardins e espaços de difusão de identidades étnico-culturais.


Os objetivos da proposta, segundo o vereador, são intensificar a visitação em locais que fazem parte da história da cidade, promover o reconhecimento de pessoas que fazem parte da constituição histórica de Curitiba, incentivar o turismo e o desenvolvimento social, além de impulsionar a economia local por meio de parcerias entre empresas privadas e promotores de cultura e arte.


O projeto, segundo o vereador, busca inserir no turismo os moradores de Curitiba que não conhecem locais importantes da cidade, ressaltando que o programa não depende de recursos públicos, sendo uma parceria com empresas privadas de transporte de passageiros na modalidade turismo e os responsáveis por espaços turísticos temáticos, ficando a cargo da prefeitura apenas a execução e administração do portal que pode ser desenvolvido com recursos próprios.


"Reconstituir a história inserindo outras culturas que sempre foram essenciais na construção da cidade é importantíssimo para firmar compromisso contra o racismo e contra quaisquer tipos de preconceito. É também sobretudo, democratizar o conhecimento", enfatiza o parlamentar.


A iniciativa, como explica o pedetista,é uma forma de conectar o turismo local com a classe artística, o setor gastronômico, e empresas de transporte de passageiros que promovem o turismo.


O Projeto de Lei foi protocolado no dia 31 de agosto desse ano e atualmente se encontra em análise nas Comissões.



1 visualização0 comentário