top of page

Vereador Marcos Vieira sugere facilitar pedidos na área da saúde pelo site 156

Atualizado: 11 de out. de 2023



O vereador Marcos Vieira apresentou uma sugestão ao Poder Executivo para a inclusão de uma nova funcionalidade no site 156 da prefeitura. A proposta visa oferecer aos munícipes a possibilidade de abrir pedidos relacionados à área de saúde de forma online, agilizando o processo de comunicação entre os cidadãos e o poder público local. Alguns dos serviços que podem ser registrados são reclamações sobre a situação da UBS e UPA, mal atendimento, demora, irregularidades ou até mesmo elogios e sugestões de melhorias dos serviços A sugestão ressalta a importância de modernizar os canais de comunicação entre os munícipes e a administração municipal. Atualmente, para reportar questões relacionadas à saúde, a população está limitada a utilizar a Ouvidoria Presencial ou o contato telefônico.


De acordo com o vereador Marcos Vieira, a inserção da opção de abertura de pedidos na área de saúde no site 156 representa avanço significativo na interação entre a população e a prefeitura. "A tecnologia tem o potencial de otimizar diversos processos, incluindo a comunicação entre os cidadãos e o poder público. Ao possibilitar o registro de pedidos da saúde de forma online, simplificamos o modo como as demandas serão comunicadas e acompanhadas. Além disso, a medida também pode contribuir para reduzir a burocracia e os deslocamentos necessários para registrar uma demanda", destacou o vereador.


Vale ressaltar que o site 156 é uma plataforma amplamente utilizada pela população para entrar em contato com a prefeitura e reportar diversas questões, como problemas de infraestrutura, solicitações de serviços públicos e outras demandas relacionadas à administração municipal. A inclusão da opção expandiria as possibilidades oferecidas por essa plataforma, tornando-a ainda mais abrangente e funcional. “Caso a sugestão seja acatada, a medida poderá representar um avanço significativo no acesso dos cidadãos aos serviços de saúde e na eficiência da gestão municipal como um todo”, concluiu Vieira.


2 visualizações0 comentário
bottom of page