Marcos vota contra aumento no IPTU em Curitiba


Em mais uma votação sob regime de urgência a pedido da prefeitura, foi aprovado na manhã de hoje, 04, o projeto de lei da prefeitura que permite reajuste do IPTU nos imóveis curitibanos de 2018 até 2021.

Marcos votou contra por não concordar com a política de aumento de impostos em detrimento do aumento de arrecadação do município. "Essa opção é sempre a mais fácil, mas não podemos aceitar que a população seja sempre penalizada, pagando mais impostos e não vendo seu salário e qualidade de vida melhorar."

A alteração aprovada, embora não mexa na alíquota, aplicará a correção do imposto pela inflação do ano somando mais 4% para imóveis e 7% para terrenos sem edificação, sendo um aumento já para 2018 (seguindo anualmente até 2021).

Dos 35 vereadores presentes na sessão, 26 votaram a favor e apenas 09 votaram contra.

#Destaque

6 visualizações0 comentário